Arco8tv

Loading...

Wednesday, October 28, 2015

31-10-2015


Venha deliciar-se com os filmes mais trash/gore do ano: "DENTES E GARRAS"  de Francisco Lacerda pelas 23 horas seguido de uma aparição Hard Rock dos
 
SPANK LORD ,  para todos os espectros, almas e corpos nesta noite peculiar em que os vivos e os mortos se juntam. 
a noite seguira no dance floor com o abominável homem dos discos NEX acompanhado de meliantes bem afamados na arte de sacudir esqueletos .

Thursday, October 08, 2015

OTIUM

"OTIUM"
ADRIANO RANGEL, ANA ALVIM e RUI TEIXEIRA
INAUGURAÇÃO DA EXPOSIÇÃO:
Sábado, 10 de Outubro às 22H00

                                                                                                                                                                      ADRIANO RANGEL [1952]
Professor e investigador Faculdade  de Belas Artes da Universidade do Porto. Doutoramento em Imagem Documental.
 "Importante é observar, escrutinar para dar primazia à “coisa” inusitada. Porque é precisamente assim que as imagens adquirem sentido e significado.
Incidir a nossa atenção sobre o real, projectar a nossa observação numa perspectiva contínua é uma forma de legitimar o sentido da nossa obra, reclamando-a como coisa da cultura. Ou seja: estabelecem-se relações do indivíduo com o seu lugar no mundo. A produção de uma imagem pode e deve agregar-se a esta lógica.
Os espelhos deverão, portanto, ser muito transparentes – não basta que nos devolvam, tanto na vida como na fotografia,  a imagem da nossa própria imagem".
 Adriano Rangel
.

ANA ALVIM [1956]
Fotógrafa. Mestre em Estética da fotografia na Univ. do Porto.
"Aprisionar o tempo e revelar a matéria, asseguraram os objectivos do Espanto inicial da fotografia. Tempo e Espaço enfim fixados, surgiram expostos, ainda em imagens fluidas, em trajectórias de rastos de pontos que se movimentavam no espaço e no tempo. Eram, assim mesmo, desfocadas as primeiras fotografias, onde os corpos se desvaneciam, atravessando as ruas, deixando rastos e rumores que passavam...
A fixidez das figuras dos retratos não tem lugar nestas minhas imagens. Assim como não existem nestas, nem rigor, nem realismo. Points in Space são apenas labirintos de pontos que, movimentando-se, descrevem espirais de coreografias que se  convertem em rastos de coisas que foram / aconteceram ..." Ana Alvim


RUI TEIXEIRA [1949]. Médico pela Univ. de Coimbra. Fotógrafo.
"São imagens que fiz e guardei de forma desorganizada. Procurei para citar aqui um texto do Cortázar na Volta ao Dia em 80 Mundos, sobre “o poder entusiasmar-se ... com qualquer coisa de que a gente goste, sem que um desenhito numa parede tenha que se ver diminuído pela memória dos frescos do Giotto” … Ao abrir o livro ao acaso encontrei um outro escrito “Com os amigos mudaremos a relojoaria do céu” …. “aquele que está disponível para a hora futura sabe que a vida vale a pena”. Antón Arrufat, Escrito nas portas.
 Rui Teixeira