Sunday, August 12, 2018

No One Can Tell

No One Can Tell, é a primeira exposição individual da artista Açoriana em Ponta Delgada, na Galeria Arco 8. Susana Aleixo Lopes nasceu a 22 de julho de 1987, em Ponta Delgada na ilha de São Miguel – Açores. Em 2007 frequentou o curso de Artes Plásticas na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e licenciou-se em Escultura, terminando o curso durante Erasmus na Academia de Belas Artes de Gdansk, na Polónia, em 2012. Expõe desde 2011 contando com as seguintes exposições individuais: O Vazio Preenche-se, FCTNOVA (Caparica, 2017-2018); Por um Fio, Galeria Pinho Dinis (Coimbra, 2015); A Mais, Galeria Geraldes da Silva (Porto, 2012). Tem participado em exposição coletivas a nível nacional e internacional. Está também representada em algumas coleções particulares. Atualmente vive e trabalha em Lisboa. www.susanaaleixolopes.com

Sobre a Exposição a artista escreve:

[No One Can Tell]
O que estava esquecido regressa de um inconsciente longínquo. Renasce da escuridão e realçam-se pequenos pontos de luz como pormenores que se conectam. Regressa, não resiste ao que os sentidos de vez em quando provocam. Mas não se revela.
Processo cíclico de uma realidade que aos poucos se distorce com ou sem opção perante uma mente inquieta. É um progresso, uma oportunidade de refazer e reinventar o que já está intrínseco como uma memória petrificada que outrora fluía. Um desafio que se deve construir com cuidado. Pouco se revela.
É preciso tempo. Pensamentos e memórias por vezes residem confusos e com diferentes versões para que tudo se torne tolerável. É tão pouco o que revelo na imensidão daquilo que detenho.
Vivo com estes pensamentos e memórias e aprendo a lidar com essas realidades nunca antes partilhadas colocando máscaras e capas. Surgem e ressurgem, mas jamais se revelam. Ausentam-se, mas permanecem como um segredo mudo.


Susana Aleixo Lopes

Agosto 2018

No comments: